Três cidades brasileiras alcançam a universalização do saneamento e servem de modelo para o país - Fitec Tec News

Três cidades brasileiras alcançam a universalização do saneamento e servem de modelo para o país

O país tem metas definidas pela Lei nº 14.026/2020, o “Novo Marco Legal do Saneamento Básico”, que estabelece que todas as localidades brasileiras devem universalizar o saneamento básico, ou seja, atender 99% da população com água potável e 90% com coleta e tratamento de esgoto até 2033. De acordo o Ranking do Saneamento 2024, estudo do Trata Brasil que avalia os indicadores de saneamento das 100 cidades mais populosas do país, os municípios de Maringá (PR), São José do Rio Preto (SP) e Campinas (SP) alcançaram a pontuação máxima e, consequentemente, a universalização do saneamento - feito alcançado pela primeira vez na história do Ranking. O Ranking é composto pela análise de três “dimensões” distintas do saneamento básico de cada município: “Nível de Atendimento”, “Melhoria do Atendimento” e “Nível de Eficiência”. Metas do Marco Legal do Saneamento Os três municípios ganharam nota máxima (10) em todos

Trata Brasil lança guia online de Saneamento - Fitec Tec News

Trata Brasil lança guia online de Saneamento

Com intuito de elaborar um material orientador para a sociedade sobre saneamento básico no Brasil, o Instituto Trata Brasil, em parceria com a GO Associados, produziu o "Guia do Saneamento", disponível para download neste link. O e-book conta com análises sobre o histórico de evolução do setor, além de dispositivos legais e os indicadores relevantes para o acompanhamento do tema, além de abordar aspectos operacionais e regulatórios dos serviços. E o cenário é desafiador: segundo o Trata Brasil, são 32 milhões de brasileiros vivem sem acesso à água potável e mais 90 milhões não têm atendimento de coleta de esgoto, enquanto somente 52,2% do esgoto gerado é tratado, ou seja, são despejadas mais de 5 mil piscinas de esgoto sem tratamento todos os dias na natureza. Marco Legal do Saneamento