Especialistas apontam que Sustentabilidade e Inteligência Artificial podem andar juntas - Fitec Tec News

Especialistas apontam que Sustentabilidade e Inteligência Artificial podem andar juntas

É fato: hoje não podemos mais desvincular a importância da tecnologia, em especial a realidade da Inteligência Artificial, em nossas rotinas. Seja para o bem, seja para o mal, devemos ter em mente que a IA vai conviver conosco e uma das benesses é a aplicabilidade dela para ações de sustentabilidade e transformação digital. É o que aponta o relatório 'Como a IA pode possibilitar um futuro sustentável', encomendado pela Microsoft, mostrando que a IA pode reduzir os gases de efeito estufa de 4% a 16% até 2030. Para Facundo Armas, gerente sênior de Negócios Sustentáveis da Globant, empresa nativa digital, esse recurso pode desempenhar um papel fundamental para impulsionar projetos assertivos e sustentáveis, sem subtrair os interesses econômicos das organizações.   Inteligência Artificial e sustentabilidade   “Entre os principais

Porto Itapoá investe em tecnologias limpas e redução de emissões - Fitec Tec News

Porto Itapoá investe em tecnologias limpas e redução de emissões

No Porto Itapoá, o compromisso com o meio ambiente é formalizado nas diretrizes da companhia, afirma o diretor de Operações, Tecnologia e Meio Ambiente, Sergni Pessoa Rosa Jr. “Nossa linha de gestão ambiental é dividida em oito macro temas que são e desenvolvidos em mais de 50 programas e projetos”, diz. “São eles: atmosfera, água, terra, biodiversidade, florestas, ambientes costeiros e marinhos, e economia verde e suas interação com o meio sócio e a comunidade”, completa. As ações desenvolvidas para aprimorar as métricas de sustentabilidade no enfrentamento das mudanças climáticas, escassez e uso sustentável dos recursos hídricos estão em consonância aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) ONU 2030. Nesse sentido, o Plano de Gestão Hídrica da empresa visa o incremento da segurança hídrica e escassez, eficiência no uso de água

Consumo de água nos Data Centers: como evoluir o uso da tecnologia evitando o impacto ambiental?

  Por Marcelo Wagner   Com o avanço da tecnologia, a preocupação com o uso de recursos naturais para manutenção de equipamentos vem crescendo. Dentro do setor, a expansão dos chamados Data Centers, ou centro de processamento de dados, fomenta a discussão. Essas estruturas, que funcionam como supercomputadores e mantêm as operações de dados em funcionamento sem interrupções, experimentaram um boom nos últimos anos. De acordo com dados da consultoria Arizton, 50% dos investimentos do setor de tecnologia na América Latina estão sendo direcionados para o desenvolvimento e uso de Data Centers. A análise confirmou também que é esperado que esse mercado cresça 8% no Brasil até 2028.   Sustentabilidade em data centers   A discussão passou a se concentrar na sustentabilidade devido às pesquisas recentes, que indicaram um aumento

Empresa de biocombustíveis firma parceria para gestão agrícola sustentável - Fitec Tec News

Empresa de biocombustíveis firma parceria para gestão agrícola sustentável

A produtora de biocombustíveis Atvos firmou parceria com a desenvolvedora de software ERPVistex, para aprimorar a gestão de contratos, controles e operação agrícola de suas unidades. “Teremos uma digitalização de nossos processos, reduzindo riscos e tempo de execução com a automação. Dados mais qualificados para tomada de decisões criarão um datalake de onde acompanharemos nossos KPIs e, no fim do dia, isso vai representar também uma contenção nos custos”, avalia Alexandre Maganhato, Chief Technology Officer da Atvos. De acordo com a companhia, o sistema oferece um conjunto de módulos integrados ao sistema SAP como plataforma única,fornecendo suporte a uma ampla variedade de tipos de culturas e processos de atividades de agricultura.   Ferramentas para a gestão agrícola   As plataformas utilizadas são VistexGrower Management e VistexFarm Management.“Nossas soluções de gerenciamento

Startups despontam com soluções para gestão de resíduos - Fitec Tec News

Startups despontam com soluções para gestão de resíduos

A todo o momento surgem novos dispositivos tecnológicos para facilitar a vida das pessoas. Na outra ponta, o número é também expressivo de resíduos eletrônicos gerados por esses equipamentos obsoletos, cujos componentes contam com metais nobres e de extrema valia para a própria indústria. Startups ambientais estão dando o exemplo em prol da gestão adequada desses resíduos. Pensando nessa demanda, já que a estimativa é de atualmente, o Brasil reciclar apenas 3% desses, ante a média mundial que está na casa de 17%, a startup RECICLI, fundada em 2017, conta com soluções patenteadas para extrair metais nobres, como ouro, prata e lítio, presentes nesses resíduos, para vendê-los ao mercado para serem reutilizados na cadeia produtiva. Startups dão exemplo “As jazidas naturais estão em esgotamento em todo o mundo por conta

Energy Command Center prepara empresas para a transição energética - Fitec Tec News

Energy Command Center prepara empresas para a transição energética

A Schneider Electric, especializada em transformação digital da gestão de energia e automação, e a Capgemini, fornecedora de serviços de transformação de negócios e tecnologia, estão mais do que preparadas para a transição energética e lançaram recentemente o Energy Command Center, projetado para auxiliar organizações a acelerar sua jornada rumo a uma gestão de instalações mais inteligente e sustentável e à eficiência energética. Segundo informações, o Energy Command Center foi desenvolvido pela Capgemini e alimentado pela Schneider Electric, e combina Inteligência Artificial (IA) avançada, lógica e algoritmos de aprendizado de máquina e tecnologias de Internet das Coisas (IoT) para medir e prever diversas métricas, como intensidade energética, saúde dos ativos críticos, geração de energia renovável e desempenho geral de todos os ativos energéticos.   Desafios da transição energética   “Enfrentar

Monitoramento e controle inteligentes garantem mineração mais sustentável - Fitec Tec News

Monitoramento e controle inteligentes garantem mineração mais sustentável

A busca por soluções ambientalmente amigáveis não pode ficar apenas no discurso e, para tanto, a combinação de ações e tecnologia demonstrou-se pertinente para tal feito. Um exemplo é o ramo da mineração. Segundo Johan Pretorius, líder de Segmento de Mineração, Minerais e Metais para a África anglófona, da multinacional francesa Schneider Electric, ao adotar práticas sustentáveis e aproveitar tecnologias avançadas, as empresas do segmento podem reduzir seu impacto ambiental e melhorar a eficiência. "Isso envolve não apenas a implementação de fontes de energia renovável, como a energia solar, mas também a otimização de processos para minimizar o consumo e a emissão de poluentes", explica Pretorius. Mineração com monitoramento inteligente   Uma das soluções para a excelência sustentável nas operações está na utilização de sistemas de monitoramento e controle inteligentes,

Empresas apostam em painéis de publicidade sustentável - Fitec Tec News

Empresas apostam em painéis de publicidade sustentável

Nada mais convidativo que uma fachada bem elaborada, obedecendo os regramentos de cada município para tal publicidade, e que não cause poluição nem visual muito menos ao meio ambiente. “A mídia exterior se conecta com as cidades, com as pessoas e sabemos da importância de estarmos também atentos aos desafios que envolvem os locais, que são o pano de fundo entre as pessoas e a mídia. É preciso mostrar que existe um universo de possibilidades e que pode ser através da arte, para resolver desafios como o descarte de lonas. E precisamos ir além do discurso, mostrando soluções práticas”, aponta Fabi Soriano, diretora executiva da Central de Outdoor, em entrevista para o Portal da Propaganda. Em março, foi realizada 33ª edição da Convenção Nacional Central de Outdoor, que tratou de

A importância dos dados ambientais na mitigação das emissões de gases de efeito estufa nas operações agrícolas - Fitec Tec News

A importância dos dados ambientais na mitigação das emissões de gases de efeito estufa nas operações agrícolas

  Por Mariana Caetano   Em um mundo cada vez mais preocupado com as mudanças climáticas, a agricultura surge como uma peça-chave na busca por soluções sustentáveis. No entanto, compreender e mitigar as emissões de gases de efeito estufa (GEE) provenientes das operações agrícolas requer uma abordagem baseada em dados ambientais precisos e abrangentes. Esses números não apenas ajudam na avaliação das emissões, mas também orientam estratégias eficazes de adaptação. Os dados ambientais nos fornecem uma visão detalhada das práticas agrícolas, condições do solo, uso da terra e padrões climáticos, que são todos determinantes nas emissões de GEE. Por exemplo, a aplicação de fertilizantes pode levar à emissão de óxido nitroso (N2O), enquanto a decomposição anaeróbica de resíduos orgânicos pode resultar em emissões de metano (CH4). Sem dados precisos sobre

GettyImages apresenta pesquisa sobre impressões do aquecimento global - Fitec Tec News

GettyImages apresenta pesquisa sobre impressões do aquecimento global

Conhecida globalmente por suas imagens vertiginosas, a GettyImages também tem em seu DNA a preocupação com a Sustentabilidade. Para tanto, usa como barômetro a sua plataforma digital de pesquisa VisualGPS, analisou atitudes e expectativas dos consumidores em relação ao papel das marcas em meio a conversas ambientais. Renata Simões, diretora de Conteúdo Criativo da GettyImages, comenta que as empresas brasileiras têm a oportunidade de aumentar o impacto de suas iniciativas ambientais, sociais e de governança (ESG), apresentando visualmente seus esforços de conservação sustentável de uma maneira que realmente repercuta entre os consumidores brasileiros. "Observamos que as empresas brasileiras muitas vezes se baseiam no antigo discurso de 'greenlife', por meio de imagens conceituais de pessoas segurando plantas, simbolizando a preocupação com o futuro do planeta. No entanto, esses conceitos visuais carecem